Unicafes Rondônia e parceiros lançam projeto com o objetivo de fomentar à produção e comercialização de produtos agroecológicos no Estado
19 de julho de 2021

Na tarde dessa quinta-feira (15), a Unicafes Rondônia, em parceria com o Instituto Conexões Sustentáveis, CONEXUS, ONG Trias Brasil e a Cooperativa de crédito CRESOL Rondônia, realizaram o lançamento do projeto via CONEXSUS:  Transição Agroecológica dos negócios comunitários de Rondônia. O projeto pretende estimular a produção de alimentos sem agroquímicos nas cooperativas vinculadas à Unicafes.  

 

Um dos interesses quanto organização que apoia à cadeia produtiva da agricultura familiar é fomentar a produção de alimentos saudáveis que garantam a qualidade de vida dos agricultores e agricultoras, estimulando o desenvolvimento rural sustentável, e oferecendo alimentos mais saudáveis para a população. A agroecologia nesse sentido, é uma fermenta de produção sustentável que valoriza toda cadeia. O Brasil produz cerca de 2% de alimentos agroecológicos, sendo o desafio incentivar a cadeia produtiva na produção de alimentos saudáveis e no consumo.

 

Para o presidente da Unicafes Rondônia, Sandro Souza da Silva, esse é um momento importante quanto ao incentivo na produção de alimentos saudáveis. “Vivemos um momento de crise sanitária, onde oferecer alimentos saudáveis para a população é indispensável para garantir a segurança alimentar dos brasileiros. A produção sustentável é um desfio, mais precisamos atuar de forma consiste e executar mais projetos como esse, e não apenas deixá-los engavetados”.

 

Maria de Fátima, que é agricultora agroecológica, entende que esse sistema de produção vai além de produzir e comercializar alimentos saudáveis. Para ela, a agroecologia está diretamente ligada com a família e com a conexão entre ser humano, terra e natureza. Fátima ressalta ainda que aprende cada vez mais com essa forma sustentável de produção, e que os benéficos da agroecologia são para quem produz e para quem consome.

 

Entre os presentes, Vanderley Ziger, presidente da Unicafes Nacional, destacou a importância dessas iniciativas para agricultura familiar. “Falar de produção sustentável é um ato político de muita importância para o desenvolvimento da agricultura, da proteção da biodiversidade e sobretudo do fornecimento de alimentos saudáveis. Nós, quanto organização desse setor, estamos sempre buscando novas tecnologias e projetos para cada vez mais potencializá-los”.

 

O evento contou com a participação de entidades parceiras como FETGRO, Instituto Dederal de Rondônia (IFRO), Universidade Federal de Rondônia (UNIR), Cooperativa de Crédito CRESOL Rondônia, Cooperativa de Polpas (COOPLEAGRI), Superintendência Federal da Agricultura de Rondônia (SFA), EMATER Rondônia, Lázaro Dobri, lideranças políticas estaduais, entre outros apoiadores da causa.  O projeto será desenvolvido durante 12 meses, oferecendo aos agricultores cooperativados assistência, informação e novos mecanismos que viabilizem a produção de alimentos de qualidade.

 

Texto e foto: Leuziene Lopes/Ascom Unicafes Rondônia

 
2021 - Todos os direitos reservados
Desenvolvido por Grupo Mar Virtual