Unicafes apoia formação em EAD de Manejo do Pequi
09 de April de 2021

Cerca de 100 pessoas de Minas Gerais, Bahia, Mato Grosso e São Paulo, ligadas à agricultura familiar e ao cooperativismo, realizam até o dia 23 de abril o módulo do Pequi, curso de Educação a Distância (EAD), oferecido através do Programa de Formação em Agroextrativismo no Cerrado.

 

O objetivo da formação é gerar o aprimoramento da produção agroextrativista e viabilizar a estratégia do uso sustentável da biodiversidade, de forma a possibilitar a melhoria da qualidade de vida das comunidades e povos tradicionais, sendo que o módulo do Pequi tem carga total de 40 horas. São abordados os temas de produção de polpa de pequi em conserva e congelado; produção de óleo; produção de castanha e produção de mudas e boas práticas de manejo.

 

O curso é promovido em conjunto pela Central do Cerrado, WWF-Brasil, União Nacional das Cooperativas da Agricultura Familiar e Economia Solidária (Unicafes), Universidade de Brasília (UnB), Núcleo do Pequi, projeto Bem Diverso e conta com a produção audiovisual do Coletivo Crescente.

 

Aparecido Alves de Souza, agricultor familiar e integrante da Cooperativa dos Agricultores Familiares e Agroextrativistas Grande Sertão, de Minas Gerais, está participando da formação e destaca que os conteúdos e experiências compartilhadas estão enriquecendo sua vivência no setor. “Estamos aprendendo com a trajetória de sucesso de vários empreendimentos extrativistas que trabalham com o pequi. Essa troca de informações é muito rica e contribuem muito para qualificar os processos de produção, trazendo mais qualidade e inovação”, observa.

 

Texto: Daiane Benso – Com informações de Maíra Figueira/Unicafes Nacional
Fotos: Luis Carrazza/Divulgação

 
2021 - Todos os direitos reservados
Desenvolvido por Grupo Mar Virtual