Selo Nacional traz inclusão e agrega valor aos produtos da agricultura familiar
22 de March de 2021

Valorizar com inovação o que é produzido pelos agricultores familiares. É desta maneira que pode-se definir a função do Selo Nacional da Agricultura Familiar (Senaf), ferramenta criada pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), com o objetivo de fortalecer a identidade social e produtiva dos vários segmentos da agricultura familiar perante os consumidores e o público em geral.

 

O Senaf contém informações das características dos produtos da agricultura familiar, prestando-se à sua rastreabilidade - mecanismo feito por meio da plataforma “Vitrine da Agricultura Familiar”, que identifica os produtos desde sua origem, agregando mais valor e inclusão, posicionando no mercado e oportunizando maior geração de renda.

 

A Secretaria de Agricultura Familiar e Cooperativismo (SAF) é responsável pela emissão e disponibilização do sistema para obtenção do Selo, sendo que atualmente o mesmo está disponível nas categorias: Mulher, Juventude, Indígena, Quilombola, Sociobiodiversidade e Empresas. Conforme dados do Mapa, em janeiro de 2021 foram identificados com o Senaf 7.268 produtos: 2.114 concedidos a agricultores familiares; 5.062 concedidos a empreendimentos da agricultura familiar e 52 a empresas que compram da agricultura familiar.

 

O diretor de Cooperativismo e Acesso a Mercados da SAF, do Mapa, Márcio Madalena, destaca que o Selo foi criado em 2010, e ao longo dos anos passou por reformulações, para proporcionar aos agricultores familiares, que personalizem com mais inovação seus produtos e tenham um diferencial perante ao mercado. “É mais uma maneira de democratizarmos o acesso das políticas públicas do Mapa, valorizando nossos agricultores familiares, através de um mecanismo fácil, ágil e inovador. Convidamos a todos para que conheçam a plataforma, cadastrem seus produtos e estejam cada vez mais aptos para comercializarem seus produtos”, ressalta.

 

Quem pode utilizar o Senaf?

  • Agricultores familiares (pessoas físicas) que possuam Declaração de Aptidão ao Pronaf (DAP). 
  •  Cooperativas ou associações que possuam a Declaração de Aptidão ao Pronaf (DAP).
  • Empresas adquirentes dos produtos de agricultores familiares ou das formas de organização dos agricultores familiares.

Como solicitar o Senaf?

Acesse o site: http://sistemas.agricultura.gov.br/vitrine/, insira o CPF ou CNPJ.

Para criar login e senha: insira os dados para o cadastro do empreendimento da agricultura familiar ou empresa e as características e fotos dos produtos que serão identificados com o selo Senaf.

 

Texto: Daiane Benso/Ascom Unicafes Nacional – Com informações do Mapa
Foto: Divulgação

 
2021 - Todos os direitos reservados
Desenvolvido por Grupo Mar Virtual