Programa de Consumo Sustentável oportuniza que mulheres gaúchas sejam protagonistas no processo do desenvolvimento local
25 de maio de 2022

Uma oportunidade de melhoria da qualidade de vida das mulheres. Assim pode ser definido o Programa Consumo Sustentável, realizado pela Cooperativa Agrícola Água Santa Ltda (Coasa), de Água Santa, do Rio Grande do Sul, que desde 2019 atende diretamente mais de 120 mulheres em atividades coletivas de formação.

 

As ações buscam contribuir para produção orgânica de alimentos e segurança alimentar, com olhar para preservação da biodiversidade local, trabalhando a autoestima e a autonomia das mulheres. Conforme uma das diretoras da Coasa, Aline Perozzo Bacega, existe no local a horta biodiversa orgânica, com cerca de 100 espécies de plantas alimentícias, aromáticas, condimentares, atrativas e repelentes, que funciona como um banco de mudas e sementes, onde são multiplicadas e distribuídas.

 

“Para nós o programa representa vida, pois contribui de forma significativa para a segurança alimentar das mulheres e suas respectivas famílias, através do cuidado e respeito com a natureza, pois os alimentos são produzidos utilizando insumos orgânicos ou biológicos, sem agredir o meio ambiente. Além disso, a ação promove o resgate e trocas de sementes crioulas, incentiva o uso de alimentos locais, inclusive as consideradas Panc - Plantas Alimentícias Não Convencional - que são ricas em nutrientes e exigem poucos cuidados”, explica Aline.

 

A diretora destaca que muitas vezes o trabalho desenvolvido pelas mulheres é invisibilizado, e as mesmas não são reconhecidas como sujeitos no processo de construção do desenvolvimento local, e essa experiência torna-as protagonistas, proporcionando experiência em termos sociais, econômicos e ambientais. “Há um impactou positivo na vida das mulheres, de suas famílias e da comunidade onde elas estão inseridas, pois contribui significativamente para melhorar a sua autoestima e para que sejam vistas como seres importante no processo de desenvolvimento local”, diz Aline.

 

Texto: Daiane Benso/Ascom Unicafes Nacional
Fotos: Arquivo pessoal

 

 
2022 - Todos os direitos reservados
Desenvolvido por Grupo Mar Virtual