Encoopal aponta para desafios do setor cooperativista em Alagoas
05 de julho de 2022

O Encontro do Cooperativismo Alagoano (Encoopal), promovido pela Unicafes Alagoas, realizado na segunda-feira, 04 de julho, no auditório do Sebrae, em Maceió/AL, trouxe palestras e modelos de negócios considerados cases de sucesso e que podem ser aplicados à economia local. O evento já é considerado um dos maiores do cooperativismo em Alagoas em 2022, registrando a presença de 60 cooperativas de segmentos diversos e um público superior a 250 pessoas. 

O evento contou em sua abertura com a participação de representantes de Instituições como o Sebrae Alagoas, Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Sedetur), Unicafes Nacional, Prefeitura de Maceió e de parlamentares como a deputada federal Tereza Nelma e da vereadora Teca Nelma. 

 

O encontro trouxe palestras e workshops ministrados pelo consultor em cooperativismo, Alécio Mascarenhas, sobre os temas “Cooperativismo e seus impactos na sociedade” e “Preparando produtos das cooperativas para o mercado”. Já o professor da Universidade Federal de Alagoas (Ufal), Helder Lima, falou aos cooperativistas sobre "Novos horizontes para a tributação das cooperativas".  O Encoopal também recebeu o presidente da Unicafes Nacional, Vanderley Ziger, que ministrou a palestra “Cenários do cooperativismo solidário no Brasil contemporâneo”.

 

Os cases de sucesso empolgaram o público com as experiências da Cooperativa Filarmônica de Alagoas; a Moeda Social da Cooperativa Pindorama; a revenda de diesel no programa de subvenção da Coopaíba; o Programa Rota da Merenda Legal; o crescimento do cooperativismo de crédito no Nordeste – Sicredi Expansão e o cooperativismo na construção civil – Coopercon.

O presidente da Unicafes Alagoas, Antonino Cardozo, afirmou que o evento apontou novos encaminhamentos do cooperativismo.  “Além de promover um diálogo comum para o setor, a meta é levar modelos   que estão dando certo no cooperativismo para serem aplicados na vida da sociedade”, enfatizou.

Vanderley Ziger, presidente da Unicafes Nacional, chamou atenção para papel do cooperativismo  na vida da população brasileira. “Os desafios são inúmeros, com dezenas de demandas para cada setor, mas o cooperativismo vem sobressaindo aos efeitos econômicos e mostrando a sua capacidade inicial de união por propósitos”, pontuou.


Painel
Um dos destaques entre os cases apresentados pelo Encoopal  foi as atividades da Cofia, uma cooperativa de músicos  que atua com a proposta de organizar o segmento, acessando o mercado de cultura. A Cofia foi a primeira cooperativa de Alagoas a ser contemplada com a Lei Rouanet, segundo o seu presidente Neto Carvalho. 
Feira Coop

Além de apresentar as conquistas do cooperativismo alagoano e os desafios pelo qual o segmento tem pela frente, o Encoopal foi palco para o lançamento oficial da Feira Coop Alagoas 2022, que será realizada de 23 a 25 de setembro, em Maceió, e reunirá mais de 50 estandes em uma área de 1.800 metros quadrados.

 

Políticas públicas do cooperativismo
Ao fim do encontro, o presidente da Unicafes Nacional, Vanderley Ziger, entregou à Federação Alagoana um documento sobre as futuras políticas públicas voltadas ao cooperativismo. No material, que trabalha uma visão macro do segmento, são apresentadas as propostas que destacam o papel do cooperativismo como ponta de saída para a geração de emprego, renda e trabalho para os mais diversos segmentos de atuação.


Texto e fotos: BCCOM Comunicação – Assessoria Unicafes Alagoas e Kevin Gomes

 
2022 - Todos os direitos reservados
Desenvolvido por Grupo Mar Virtual