Assistência Técnica e Extensão Rural impulsionam atividades da agricultura familiar
24 de March de 2021

Quando se fala em desenvolvimento rural sustentável automaticamente associa-se à Assistência Técnica e a Extensão Rural (Ater), necessária para o aprimoramento dos sistemas de produção, de mecanismo de acesso a recursos e de serviços e renda aos agricultores familiares. E a União Nacional das Cooperativas da Agricultura Familiar e Economia Solidária (Unicafes), ao longo de sua história, tem sido um instrumento de aproximação da Ater com os trabalhadores rurais, fomentando a atividade, impulsionando a prática de tecnologias e gerando novos conhecimentos.

 

Os serviços de Ater no Brasil iniciaram por volta das décadas de 1950 e 1960, conforme registros da Consultoria Legislativa do Senado Federal e passaram por transformações políticas no decorrer dos anos, sendo que em 2010, através da Lei 12.188/2010, foi instituída a Política Nacional de Assistência Técnica e Extensão Rural (Pnater). A mesma foi orientada pelo Programa Nacional de Assistência Técnica e Extensão Rural (Pronater), que estabelece as diretrizes e metas para os serviços públicos de Ater no país.

 

Atualmente, é coordenada pelo Departamento de Assistência Técnica e Extensão Rural (Dater), da Secretaria de Agricultura Familiar e Cooperativismo (SAF), e elaborada, anualmente, para cada Plano Safra da Agricultura Familiar, que com a parceria dos mais diversos setores da sociedade civil, instituições públicas de pesquisa, universidades e prefeituras municipais, trabalham na formação e capacitação de agentes Ater e no fomento à produção de tecnologias e de conhecimento para a agricultura familiar.

 

E em 2009 foi constituída a Central Nacional de Assistência Técnica e Extensão Rural (Cenater), uma dessas entidades que apoia e colabora com a construção da Ater. Hoje, cerca de 40 cooperativas filiadas à Unicafes auxiliam na organização, fortalecimento e desenvolvimento deste segmento, desenvolvem ações para a aproximação e o entrosamento das entidades, bem como, prestam serviço de assessoria técnica gerencial, contábil e jurídica, realizando e intermediando parcerias, convênios e contratos com entidades públicas e privadas, nacionais e internacionais, para atender as necessidades das associadas.

 

O diretor de Formação da Unicafes, Antônio Moreira Filho e também associado da Cooperativa de Ater - Cooperativa de Trabalho, Prestação de Serviços, Assistência Técnica e Extensão Rural (Coopter), filiada à Cenater, destaca que muitas são as dificuldades do setor, no entanto, com a união dos filiados busca-se estimular o cooperativismo como instrumento integrador das ações de diferentes atores sociais e de diversas políticas públicas, que estão em consonância com o desenvolvimento e a diversidade institucional de uma agricultura familiar sustentável.

“São várias as atividades de formação e capacitação às organizações pertencentes à Central, bem como para seus profissionais. Entendemos a política da Ater como fundamental para a continuidade do desenvolvimento e para melhorar a renda e a qualidade de vida das famílias rurais”, salienta.

 

Texto: Daiane Benso/Ascom Unicafes Nacional
Foto: Cresol/Divulgação

 
2021 - Todos os direitos reservados
Desenvolvido por Grupo Mar Virtual