“No cooperativismo está todo o significado do que é viver para mim”, diz ex-diretor da Secretaria da Juventude da Unicafes Nacional
16 de agosto de 2021

Um sentimento que impulsiona e transforma. Um sonho resumido em uma palavra: cooperativismo. É desta maneira que o alagoano Rômullo Renan Silva Dantas, 31 anos, tem construído a sua história na agricultura familiar. Filho de assentados da reforma agrária de São Frutuoso, município de São Luiz do Quitunde, hoje ele é presidente da Cooperativa dos Agricultores Qualificados (a Coopaq), de Matriz de Camaragibe e ex-diretor da Secretaria da Juventude da União Nacional das Cooperativas de Agricultura Familiar e Economia Solidária (Unicafes). Mas não é só isso, Dantas continua se reiventando, aprimorando seus conhecimentos, e ainda no ano de 2021 inaugurará o Complexo Multifuncional de sua própria cooperativa, que beneficiará centenas de pessoas.

 

Técnico em agropecuária e com especialização em agronegócio, inspirado pela luta de sua família, o jovem desde cedo projetou “voar mais alto”, e assim o fez. Estudou, realizou experiências práticas no colégio agrícola e com apenas 21 anos criou a Coopaq, que atua principalmente na produção de coco, mas também de banana, abacaxi, hortaliças e no segmento agropecuário. Além disso, a cooperativa realiza um importante trabalho de assistência técnica, gestão e capacitação com os associados.

 

O olhar atento e visionário de Dantas, com o apoio incansável de seus familiares, que lhe auxiliam nesta jornada, foram fundamentais para todas as conquistas. No entanto, nem sempre foi fácil: os desafios, preconceitos, falta de recursos e de políticas públicas marcaram o caminho em alguns momentos, mas a força em superar e o apoio de entidades como a Unicafes têm feito a diferença.

 

O jovem conta que a experiência de outros companheiros e ações de demais cooperativas filiadas à Unicafes lhe motivou diante dos problemas e fez com que percebesse o papel da liderança, a importância da união, da justiça e da solidariedade. “O cooperativismo é como uma religião. Me impactou de tal maneira a ponto de perceber que o meu dom é ser útil para outras pessoas, e aí está todo o significado do que é viver para mim”, ressalta.

 

Conforme Dantas, ser reconhecido nacionalmente pela sua atuação como jovem na agricultura familiar se deve a sua resiliência. “Olhar para atrás e ver que comecei do zero e que hoje estou diante de concretizar a construção de uma agroindústria me deixa muito feliz. Sou muito grato. É de fato, comprovar, que o cooperativismo com empreendedorismo é o grande vetor de desenvolvimento do Brasil”, salienta.

 

Para saber mais sobre a história de Rômullo Renan Silva Dantas, escute o podcast:

https://anchor.fm/unnicafes-nacional/episodes/Pecsol-Jovem---Histria-de-Rmullo-Renan-Silva-Dantas-e14qfd2

Texto: Texto: Daiane Benso/Ascom Unicafes Nacional
Foto: Arquivo pessoal

 
2021 - Todos os direitos reservados
Desenvolvido por Grupo Mar Virtual